14/04/2021

Conheça as agroflorestas: Uma alternativa sustentável para a monocultura!

As agroflorestas são sistemas de produção alimentícios que oferecem uma série de benefícios tanto para a economia quanto para o meio-ambiente. 

São uma excelente alternativa sustentável para a agricultura nacional, conheça um pouco mais sobre essa prática no artigo de hoje.

O que é uma agrofloresta?

Um sistema agroflorestal é uma prática de agricultura baseada na dinâmica de ecossistemas, tem como fundamento um melhor aproveitamento dos recursos naturais.

Esse tipo de prática promove um agrupamento do sistema agrícola com espécies nativas da região. Essa prática ajuda no combate ao desmatamento e busca recuperar o meio ambiente dos impactos gerados pelo agronegócio.

Essa recuperação ocorre, uma vez que procura-se entender o funcionamento de um determinado ecossistema e repeti-lo a fim de incluir nele a produção alimentícia.

Ao invés de desmatar toda a vegetação nativa e cultivar apenas uma espécie, na agrofloresta, busca-se o aproveitamento que um sistema natural preservado oferece.

Quais as vantagens para o meio ambiente de adotar um sistema agroflorestal

A agrofloresta traz diversos benefícios ao meio ambiente, sendo não apenas uma alternativa sustentável mas também reparadora de prejuízos já causados pela monocultura latifundiária.

Ela oferece ganhos a respeito da alta diversidade biológica que compõe e participa ativamente do processo de cultivo, acarretando em uma alta resiliência ecológica. Além disso, na agrofloresta, é facilitado a diversificação do produto e a policultura, fazendo com que o agricultor não dependa de apenas um mercado.

No sistema agroflorestal, a matéria orgânica resultado de um sistema vivo, ajuda na nutrição do solo, fazendo com que a adubação ocorra de forma natural. Acarretando também, em uma recuperação da fertilidade do solo, diminuição dos riscos de erosão e aumento da infiltração de água, preservando rios e nascentes locais.

Além disso, o próprio sistema, por contar com uma alta biodiversidade, promove um controle de pragas, reduzindo e, muitas vezes, dispensando o uso de agrotóxicos.4

Uma agrofloresta combate diretamente às mudanças climáticas, degradação do solo agricultável e ao colapso de sistemas produtivos causados pelo agronegócio. 

Com isso, fica bem óbvio que um sistema agroflorestal traz diversas vantagens ecológicas, mas quando falamos dos benefícios dessa prática a economia também está envolvida.

E as vantagens econômicas?

Além disso, a implementação de uma agrofloresta resulta em vantagens econômicas para o agricultor e para a sociedade.

Um dos benefícios relacionados a economia é que um sistema agroflorestal pode ser aplicado em todos os biomas brasileiros, sendo versátil em seus arranjos e composições. Além disso, ele pode ser aplicado em diversas escalas de produção, sendo adequado desde esquemas de agricultura familiar até o cultivo de grandes culturas.

Por a agrofloresta contar com um esquema de produção mais orgânico e dinâmico, uma outra vantagem econômica é a redução de gastos energéticos para a produção.

Outras vantagens dessa prática são o aumento da renda familiar e os custos de manutenção e implantação serem reduzidos, portanto mais acessíveis a pequenos agricultores. 

Além disso, a maior diversificação do produto, em detrimento da alta biodiversidade que compõe o sistema, traz uma segurança de renda maior ao agricultor. E os produtores contam, também, com uma redução de custos com insumos externos.

Uma outra incrível vantagem do sistema agroflorestal em relação a agricultura convencional, é que nesta o terreno é capaz de produzir bem por apenas alguns anos. Enquanto naquela, a durabilidade é contínua, devido a renovação de nutrientes biológicos no solo.

Agora que você entende as vantagens do sistema agroflorestal, é mais fácil reconhecer o método como uma solução viável e sustentável para a produção de alimentos. 

As agroflorestas podem contribuir com uma melhora no cenário de degradação ambiental já instaurado devido a prevalência do agronegócio. A grande variedade desses sistemas contribuem e muito sua instalação em diversos tipos de cenários.

Elas variam de acordo com o sistema agrícola, podendo atender desde demandas mais simplificadas de baixa intensidade de manejo, até sistemas mais complexos de alta demanda.

Uma solução ecológica e sustentável para problemas muito recorrentes devido à agricultura tradicional.

Achou esse conteúdo interessante? Nos acompanhe nas redes sociais para ter acesso a mais informações relacionadas!

Facebook

Instagram