9/06/2021

Casa container: conheça essa solução econômica e sustentável!

Como são as casas container

A opção por uma casa container está cada vez mais popular, principalmente por basear-se em uma técnica de construção sustentável e de baixo custo. 

Segundo a Embrapa, 80% da população brasileira ocupa menos de 1% do território nacional. Essa crescente concentração populacional em núcleos urbanos intensifica os impactos ambientais e também eleva os custos com projetos de construção civil. 

É nesse cenário que essa alternativa surge como uma boa solução às construções convencionais. Apesar da visibilidade internacional, esse tipo de arquitetura ainda é pouco conhecido no Brasil. Saiba mais sobre essa alternativa!

O que é uma casa container?

A casa container é uma residência construída a partir de containers, equipamentos utilizados para transporte de carga. A reutilização dessa estrutura para além de sua função principal não é nova, pois ele já era usado para estoque ou em canteiros de obras. O que tem se popularizado é seu uso como material de construção. 

Dois exemplos internacionais são o Container City, em Londres, construído em 2001, e o condomínio Keetwonen, em Amsterdã, de 2006. Já no Brasil, foi inaugurado em 2016, em Piracicaba/SP, o primeiro condomínio de casa container, com 28 apartamentos.

Há diversos tipos de containers, mas os mais adequados para projetos de casa container são dry standard e high cube. Ambos têm largura aproximada de 2,5 metros, com comprimento de 6 e 12 metros, dependendo do número de pés (20 ou 40), e altura de 2,6 ou 2,9 metros. 

Uma residência feita a partir de um único container é adequada para até três pessoas. No entanto, podem ser utilizados mais de um equipamento em projetos maiores.

As vantagens de uma casa container

Algumas das vantagens de uma casa container são:

  • Baixo custo de produção: entre 5 e 30 mil reais. 
  • Produção rápida: em média 3 meses.
  • Versatilidade: de projetos simples aos mais luxuosos, em áreas urbanas ou rurais.
  • Mobilidade: é possível transportar a casa para diferentes terrenos.
  • Durabilidade: 20 anos em condições extremas e mais de 50 com os devidos cuidados.
  • Técnica de construção sustentável

Cuidados ao optar por uma casa container

Apesar das inúmeras vantagens de uma casa container, é preciso ficar atento a questões como: origem dos containers; local de construção; projeto da casa e legislação.

Os containers podem ser adquiridos diretamente de uma empresa dona de containers ou por meio de revendedores.

No entanto, é importante que o produto esteja devidamente registrado para evitar comprar um produto proveniente de cargas roubadas. Além disso, a aquisição por vias autorizadas e registradas garante que o equipamento já tenha passado pela devida descontaminação. 

O local de construção dessa opção, que pode ser tanto em áreas urbanas quanto rurais, deve ser de fácil acesso para transporte do equipamento. Quanto ao terreno, ele pode ser pequeno e não plano, mas deve ter espaço o suficiente para a montagem da casa. 

Mais importante, antes da aquisição dos materiais e local adequado, é importante que o projeto da casa container seja aprovado pela prefeitura. O apoio de um arquiteto com experiência na área facilita esse processo e também permite fazer adequações às necessidades e gostos pessoais.

E sua relação com a sustentabilidade?

Como dito anteriormente, uma dos grandes benefícios da casa de container é seu caráter sustentável. Isso não apenas pela redução do impacto ambiental durante o processo construtivo, mas também pela possibilidade de instalações mais sustentáveis.

A simples reutilização de um equipamento que perdeu sua utilidade já é uma medida sustentável, pois evita seu descarte irregular e diminui a demanda por produtos novos. 

Além disso, durante o processo de construção da casa container, praticamente não há perda de materiais. As partes das chapas recortadas podem ser utilizadas em outros pontos da obra, por exemplo.

Outro ponto importante é que os recursos necessários a uma construção convencional, como tijolos, areia, cimento e água, não são necessários para um projeto de casa de container. Isso significa uma redução significativa dos impactos ambientais gerados na produção desses recursos. 

Por fim, é possível ir além e integrar à construção instalações que podem tornar a casa container praticamente autossuficiente, como: aquecedores solares; placas fotovoltaicas para gerar energia elétrica; sistema de captação de água pluvial e cisternas. 

Gostou desse conteúdo? Acompanhe nosso blog e nos siga nas redes sociais para aprender mais sobre alternativas econômicas e sustentáveis!